fbpx
15.6 C
Belo Horizonte
05/21/2020
SMR Advogados

A Proteção à Saúde e Segurança no Direito do Consumidor

CDC- CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR LEI COMPLEMENTAR 8.078/90

A Qualidade de Produtos e Serviços, da Prevenção e da Reparação dos Danos no Direito do Consumidor. As informações contidas nas embalagens ou nos contratos devem está de forma clara , objetiva e ostensiva pelo fornecedor.

Da Proteção à Saúde e Segurança

Art. 8º Os produtos e serviços colocados no mercado de consumo não acarretarão riscos à saúde ou segurança dos consumidores, exceto os considerados normais e previsíveis em decorrência de sua natureza e fruição, obrigando-se os fornecedores, em qualquer hipótese, a dar as informações necessárias e adequadas a seu respeito.

  • 1º Em se tratando de produto industrial, ao fabricante cabe prestar as informações a que se refere este artigo, através de impressos apropriados que devam acompanhar o produto.
  •  2º O fornecedor deverá higienizar os equipamentos e utensílios utilizados no fornecimento de produtos ou serviços, ou colocados à disposição do consumidor, e informar, de maneira ostensiva e adequada, quando for o caso, sobre o risco de contaminação.

Art. 9º O fornecedor de produtos e serviços potencialmente nocivos ou perigosos à saúde ou segurança deverá informar, de maneira ostensiva e adequada, a respeito da sua nocividade ou periculosidade, sem prejuízo da adoção de outras medidas cabíveis em cada caso concreto.

Art. 10. O fornecedor não poderá colocar no mercado de consumo produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança.

  • 1º O fornecedor de produtos e serviços que, posteriormente à sua introdução no mercado de consumo, tiver conhecimento da periculosidade que apresentem, deverá comunicar o fato imediatamente às autoridades competentes e aos consumidores, mediante anúncios publicitários.
  • 2º Os anúncios publicitários a que se refere o parágrafo anterior serão veiculados na imprensa, rádio e televisão, às expensas do fornecedor do produto ou serviço.
  • 3º Sempre que tiverem conhecimento de periculosidade de produtos ou serviços à saúde ou segurança dos consumidores, a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios deverão informá-los a respeito.

Art. 11. (VETADO).

Art. 11-A. (VETADO na Lei nº 13.425, de 30/3/2017)

 

Direitos básicos do consumidor

Política Nacional das Relações de Consumo

No fim do Império, Brasil tentou substituir escravo negro por “semiescravo” chinês

Sinval M Rodrigues

5 coisas que você nunca deve pesquisar no seu computador de trabalho

Sinval M Rodrigues

Como a Justiça fixa indenizações por danos morais ?

Sinval M Rodrigues
SMR Advocacia.
Este site está de acordo com a Lei de dados do Brasil LGPDP - Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, Lei nº 13.709/2018, e da união Europeia RGPD) (UE) 2016/679.

Este site usa cookies para funcionar com as informações pesquisadas. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade & Cookies